quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Resenha - O Hipnotista

Autor: Lars Kepler
Ano de Publicação: 2011
Editora: Intrínseca 

Quando peguei O Hipnotista para ler não dava nada para o livro, até cheguei a pensar que era um guia de como hipnotizar as pessoas. Estava errada de ter tirado essas conclusões precipitadas. O livro é maravilhoso! Virou um dos meus preferidos. Ele mistura investigação policial, brigas familiares, traição, sexo, medicina, tortura e morte.


Erik é um hipnotista profissional, hipocondríaco (viciado em remédios),  tem um filho, Benjamin, que tem uma doença no sangue e seu casamento não vai nada bem.
Eis então que seu pior pesadelo de 10 anos antes ressurge, ele está em todas as primeiras páginas de jornais, cartaz e em rádios...
"Como fogo, exatamente como fogo. Estas foram as primeiras palavras que o garoto pronunciou sob hipnose. Apesar dos ferimentos que colocavam em risco sua vida – inúmeras lacerações de faca em seu rosto, pernas, tronco, costas, solas dos pés, nuca e cabeça –, o garoto fora colocado em estado de hipnose profunda para que tentasse ver com os próprios olhos o que havia acontecido… Era a única testemunha viva"

 Tudo começa quando Erik hipnotiza Josef, pois ocorreu um assassinato com sua família e ele era o único sobrevivente, porém estava quase morrendo pois seus ferimentos eram muito graves. Erik fora proibido  de usar esse método de tratamento a 10 anos atras, e prometeu nunca mais faze-lo, mas sua promessa foi desfeita.Por causa disto, tudo de 10 anos antes volta à tona, pacientes de seu grupo de hipnose, pessoas de quem ele simplesmente havia esquecido, voltam para perturbar e tornar um inferno sua vida.
Seu filho é sequestrado, e sem a injeção pode morrer a qualquer momento, não podemos esquecer de Josef, que soube que foi hipnotizado e quer mata-lo por arrancar informações suas, seu casamento está acabado, o vício dos remédios são mais fortes que tudo.
Mesmo com todos esses e mais alguns problemas que está enfrentando em busca de Benjamin, ele não desiste um só minuto de procurá-lo, que não se sabe onde está nem com quem.
"Eles entram e Joona acende a luz principal. A porta do banheiro está escancarada . O cheiro de podridão é insuportável. Eva Blau está deitada no box vazio. O rosto está inchado e moscas andam ao redor da boca e zumbem no ar. A blusa azul puxada para cima, a barriga inchada e azul-esverdeada . Profundas incisões negras correm pelos dois braços. O tecido da blusa e seu cabelo louro estão grudados de sangue coagulado. A pele está cinza-clara, e uma rede marrom de veias pode ser vista com clareza sobre o corpo. O sangue estagnado apodreceu dentro do sistema vascular. Pilhas de pequenos ovos amarelos colocados pelas moscas podem ser vistos nos cantos dos olhos e ao redor da boca e das narinas. O sangue inundou o ralo e escorreu para o pequeno tapete do banheiro, cujas beiradas têm uma cor escurecida. Uma faca de cozinha suja de sangue está caída no box ao lado do corpo."
O maravilhoso desse livro é que todas as mortes são todas bem detalhadas, faz você se teletransportar para dentro do livro, para o que está acontecendo, você sente o clima tenso que é. Ele se passa um pouco antes do Natal então já podem imaginar o cenário, frio, abaixo de 0, neve, um clima tenso e perfeito para um livro de terror. 

Uma música para acompanhar a leitura...


                                        Resenha feita por Gabrielle Garcia

4 comentários:

  1. Quero ler!É bem no estilo que eu gosto e a história deve ser muita boa.

    http://allmylifeinbooks.blogspot.com.br/


    ResponderExcluir
  2. Parece ser um livro legal mas não faz muito o meu gênero, então eu não sei se leria! Mas fiquei bem curiosa pela história!

    http://alguns-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Gabrielle, parece uma história bem forte e repleta de terror, rs! Não é meu estilo preferido, mas para quem gosta do gênero parece uma opção muito boa...

    Abraços, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  4. Quando surgiu uma promo no sub deste livro mais a sua continuação fiquei super na duvida se comprava ou não, como você mencionou, no primeiro momento não dá para se ter noção se ele é bom. Acabei de me arrepender um pouquinho de não ter comprado x)
    Pelo que você contou parece ser muito bom, e eu sempre quis ler um livro de terror desse tipo!

    Samantha Artes & Books
    http://samgirl-arts.blogspot.com/

    ResponderExcluir

 

Abcd dos Livros Template by Ipietoon Cute Blog Design and Bukit Gambang