Autor: Santiago Nazarian
Ano de Publicação: 2008
Editora: Códice 

Quando eu comecei a ler, não sabia muito bem o que esperar. E a sinopse não ajudou muito a entender o livro, só lendo mesmo kkk
Apesar de ser meio doido, ele reflete a realidade e a podridão do mundo!

O livro é narrado por um Jacaré, cujo nome não fala. Morava em seu habitat natural, mas com o problema de puberdade, decidiu viver na cidade. Vivia em um esgoto. E ele até começou a gostar, só que tinha um problema, a fome. Uma hora ela iria chegar. Tinha que se alimentar. E é disso do que se trata o livro: comida, fome!

O Jacaré, morando no esgoto conheceu muitas coisas, pessoas e animais. Todos perdidos na vida. Conheceu Vergueiro, um sapo que nasceu na cidade, não conhecia seus pais e fumava bitucas de cigarro que as pessoas jogavam e cheirava cocaína. Conheceu Arthur Alvim (a quem ele queria devorar inteiro) um menino largado, sem pais, que fumava, bebia e cheirava cocaína. Conheceu Ana Rosa (ele não sabia seu nome verdadeiro e nunca tinha visto seu rosto, mas a chamava assim), ficou encantado com seu par de sapatos feito de crocodilo. Ela o alimentava todos os dias, mesmo ela não sabendo. E conheceu mais um monte de personagens, mendigos, crianças, latas de lixo e de óleo (que ele conversava sozinho)! Existia tudo o que se podia imaginar lá no esgoto, era uma bagunça só.
Depois de acontecer um monte de coisa, que eu não vou contar por que são as melhores partes do livro, fica como uma surpresa!
O Jacaré é retirado do esgoto e é levado para uma Universidade. No começo ele não aceita, ele quer voltar para seu antigo lar, o esgoto. Mas uma coisa realmente estranha acontece, ao invés de ter humanos perambulando pelos corredores da Universidade, são animais, pra cima e pra baixo. Cobras, Jabutis, Garças, Crocodilos, Lêndias e etc. Estranho não? São animais tentando ser humano, perdendo toda sua natureza. 
E é lá que ele começa a escrever toda sua história, que seria esse livro!

É bem diferente, no começo eu pensei que ia me lembrar um pouco os livros da Lygia Bojunga, mas não. Parece ser infantil, mas não é. 
Fala muito da urbanização da cidade, da dificuldade das pessoas, como os mendigos e as crianças de rua, em baixo no esgoto!
Claro que não termina na Universidade, acontece mais umas coisas, mas não é muito diferente.
Não que o livro seja chato, pois não é. Só é um pouco enrolado. Enquanto ele está no esgoto é a melhor parte do livro, depois na Universidade começa a ficar um pouco mais lento o ritmo da narração.
Mas eu gostei, as vezes é bom mudar o estilo de leitura.

Uma música para acompanhar a leitura:



Resenha feita por Gabrielle Garcia

8 Comentários

  1. Eu ouvi falar que esse livro tem uma especie de critica social passada de uma forma meio trash
    Ele parece ser divertido, deve ser legal pra ler depois de terminar um livro mais pesado

    Abraços
    http://des-construindooverbo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Nunca tinha ouvido falar desse livro, achei ele engraçado mas com um fundo de pensamento sobre a sociedade. Muito bacana, fiquei curiosa em saber toda a história.
    Primeira vez aqui e já estou seguindo :)
    bjos

    http://apenasleiteepimenta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. OLá,gostei da resenha e vou procurar o livro,fiquei curiosa.Seu blog é show e já me tornei sua seguidora.Te aguardo no meu,se gostar me segue.Tania
    www.fuzxikitosecia.com.br

    ResponderExcluir
  4. Essa resenha me deu uma curiosidade que já to baixando o livro,quero ver o qual fim vai ser ! amei flor,espero que você venha ver o post novo lá no meu cantinho,beijos :*

    http://opsgastei.blogspot.com.br/2014/01/loja-de-departamento-x-lojas-onlines.html

    ResponderExcluir
  5. Uau, o blog tá bem mais bonito do que da última vez que estive aqui, parabéns!
    E que livro impressionante haha, como vc conseguiu ele? Fiquei louco pra ler daqui, ainda mais porque sou fã de nacionais, sejam eles classicos ou não.

    Samuka
    http://coupleliterario.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Hum, pareceu bem interessante! Vou dar uma procurada nele, mas o fato de ter falado que achou um pouco enrolado já me desestimulou!

    Mesmo assim, vou procurar! Valeu a dica - Adorei o título kkkk

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Estou com ele aqui e queria saber o que acharam, bom me deu curiosidade !

    ResponderExcluir