quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Resenha - O Preço de uma Lição #Nacional

Autor: Federico Devito e Gutti Mendonça
Ano de Publicação: 2011
Editora: Novo Conceito

Por causa daquela bendita revista, o quarteto 21 nasceu. 
Uma amizade que mesmo futuramente, apesar da separação, será sempre unida e forte.
Desde o fundamental estudaram juntos, e quando estavam terminando o ensino médio, seus amigos decidiram cursar a faculdade fora do pais, pois todos tinham boas condições de vida.
Ele, diferente dos outros, não tinha, e ficou sozinho por aqui.
Nunca fora muito bonito, mas por onde passava arrasava corações. Sempre tivera um charminho, era carinhoso, compreensivo, inteligente, tinha bom papo. E era por esse motivo que tinha várias mulheres ao seu pé. Ele conhecia todos os tipos: a ciumenta, possessiva, a romântica, a interesseira...


A única coisa que ele não conhecia era o amor. Apesar de ter ficado com várias meninas, Ele não chegou a conhecer o que realmente era o amor.

Não podemos adivinhar nosso futuro, mas foi em uma festa, em uma noite, que ele conheceu o amor de verdade!
Ficando com uma menina, ele "conheceu" Juliana. Ficou hipnotizado bela beleza dela, e pela primeira vez na vida não soube o que fazer na presença de uma mulher (ou quase).
Deixando sua ficante de lado, dedicou toda tarde e noite para a Juliana. No começo, ela meio que resisti em ficar do seu lado, mas conversa vai, conversa vem, começou a se interessar por ele.
Ela tem apenas 15 anos, enquanto ele 19. Ela ainda estuda no ensino médio, faz cursinho, depende de sua mãe e de seu pai para tudo e mora em Mogi da Cruzes (interior de SP). Sendo o oposto Dele, que trabalha, faz faculdade e não depende mais de seus pais e mora em SP (centro).
Mas não é isso que sempre falam? Que os opostos se atraem? 
No final da festa trocaram telefone e desde então não se pararam de falar. Até que combinaram de sair um final de semana. Como ela não podia ir para SP, ele foi até Mogi pela primeira vez (de muitas). Passearam no shopping e ficaram.                   
Em pouco tempo, Ele pediu para namorar Juliana, que logicamente aceitou.
Ele não podia mais ter amigos, mas estava de namorada nova, a quem ele realmente amava, e várias mulheres ainda no seu pé. (Como ele aguenta tanta mulher em cima Dele?)
Quando espalharam seu namoro, muita gente tirava sarro ou simplesmente não acreditava que aquilo estava acontecendo.
As meninas ligavam para ele e diziam: Como você pode estar com uma menina de 15 anos? Eu sou mulher para você, ela é uma criança, etc.
Afinal ele tinha 19 anos.
Apesar de todas as críticas, Ele erguia a cabeça e seguia em frente e continua seu namoro. Afinal, ele aprendeu o que era amar.
E o namoro passou a ser uma rotina: eles se falavam direto por telefone ou por mensagem, todo final de semana Ele ia para a casa dela, iam para o shopping, viam filme, conversavam.
E quando começava a semana, ele já contava os dias para poder ver a Juliana novamente.
Começou a se tornar obcecado por ela. Deixava de viver a vida dele para viver a dela. Se pudesse, respiraria por ela.
Depois de 2 anos de namoro, Juliana começou a ficar esquisita com Ele e decidiu por fim aquele namoro.
Como se o fim do mundo estivesse próximo, era isso que o Ele estava sentindo.
Ia morrer sem ela, era o que vivia dizendo para si mesmo.
Mas porque ela terminara com Ele? Se eles viviam fazendo promessas um para o outro, como poderia ter acabado assim, sem nenhuma explicação?
Sem namoro, sem amigos, decidiu começar uma outra vida.
Se mudou para Curitiba, decidiu morar sozinho, arranjou um novo trabalho.
E mesmo com suas novas ocupações, ainda pensava nela. 
Só que uma surpresa, extremamente agradável, ainda estava para acontecer.
Três pessoas,  que fazia anos que ele não via, aparecem em sua vida para salvar sua atual situação.
E ai? Será que ele volta ou não com a Juliana?

Quem assistiu o vídeo do que eu li no mês de julho, recebeu uma critica mega negativa minha sobre esse livro.
Sim, eu li e não gostei. Como leitora, tenho esse direito.
No início do blog, quando eu não gostava do livro, fazia uma resenha negativa. E aprendi que era errado por minhas opiniões enquanto faço a resenha. Graças a deus, não faço mais isso, pois já desmotivei vários leitores de lerem o livro. E não quero que isso aconteça.
Por isso, no final de toda resenha coloco minha sincera opinião.
Eu até gostei do começo dele. Depois foi ficando uma leitura cansativa e arrastada.
Primeiro: o personagem principal não tem nome (Por isso a resenha toda ficou como: Ele).
Segundo: como uma pessoa pode descobrir o que é amor em apenas um dia? Ainda mais com uma menina de 15 anos? (Não estou julgando, mas é que me irritou).
Terceiro: o namoro deles era pura infantilidade. Viviam de shopping, dependiam do pai e da mãe dela até para comerem fora, conversas que não davam a lugar nenhum (a Juliana sempre respondia: sei lá, não sei, tanto faz). Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah isso me irritava profundamente, as vezes eu parava no meio da leitura para tomar água com açúcar, por que sinceramente, me irritou muito.
Eu achei esse personagem muito mongo, meio bobão sabe? E tipo, ele parou de viver a vida dele para viver a dela. Ele esqueceu que o mundo não gira apenas em torno dela.
Como eu falei no vídeo, eu dei três estrelinhas para ele no Skoob e acho que dei muito.
Agora me conta, algum livro já chegou a irritar vocês a ponto de explodir? Qual foi?

Uma música para acompanhar a leitura...


                               Resenha feita por Gabrielle Garcia

37 comentários:

  1. Oiii. Eu não conhecia o livro, mas confesso que durante a sua resenha, fiquei com muita vontade de ler o livro. Achei fofinho. ashuashua. Mas falando da sua resenha, ja que não li o livro. E no fim, fiquei com medo da leitura, hehehhe. Mas acho que leria. E sobre largar a vida para viver a da outra pessoa, muita gente faz isso. Não é o certo,mas acontece. O único livro que me irritou demais foi 50 tons.
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Esse livro deve ser o fim mesmo. Não gosto de literatura desse tipo, mas gostei da sua resenha. Se manteve imparcial e no fim avisou que ia dar a sua opinião, já estou falando como jornalista rs. Abraços!
    http://cafeliterari-o.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. amei o teu post, esse livro deve ser brutal mesmo!
    se poderes da uma passadinha no meu blog e da a tua opiniao sff ! começei agora , OBRIGADA
    meu blog : http://cmw.blogs.sapo.pt/

    ResponderExcluir
  4. Adorei sua resenha, visito poucos blogs que falam em livros e assuntos do tipo, mas adorei o seu! Sou mega fã de séries e livros e esse livro em si eu não conhecia! Ainda não li nenhum livro que me irritasse tanto assim kkkkkk
    Parabéns pelo blog! Bjus
    www.blogdalumoraes.com

    ResponderExcluir
  5. Eu gostei da capa e achei que a resenha ficou bem feita
    http://toobege.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu achei muito interessante o livro, tenho que ler!
    Beijinho grande! :D
    http://femalestyleoutfit.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  7. Olha eu não sou muito de ler, mas fiquei super curiosa por causa dessa rsenha rs...
    Bjs
    http://dicaamigaa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá lindona... tu fez uma resenha bem bacana do livro mas serei sincera, não curto esse tipo de livro, a história é bobinha e como vc citou ali, o rapaz conheceu o amor em 1 dia aos 15 anos e depois deixou de viver a vida dele pra viver a dela, eu hein, curto isso não. O livro pode até ser fofo, mas nada que me fizesse ler ;)

    Tua resenha está ótima e certeza que vai chamar atenção da galera que curte esse tipo de leitura ;)
    bjoooo

    ResponderExcluir
  9. que perfeição! Eu adoro esse tipico romancezinho de adolescencia! hahahaha
    Além do mais é super fofo!
    beijos!

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia o livro, mas pela resenha deve ser entediante.
    Não sei se leria, pois se anular não é comigo.

    ResponderExcluir
  11. Concordo plenamente com você, a história parece ser bem bobinha mesmo e sem maiores fundamentos.
    A resenha e sua opinião sobre ele ficou ótimo!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia esse livro, parece bem interessante.... não, nenhum livro nunca me irritou, mas quando eu li "O crime do padre Amaro" eu fiquei chocada uns três dias com a frieza dela... se vc já leu vai me entender, se não leu nao vou contar para nao estragar rs bjos

    ResponderExcluir
  13. Até que gosto de um bom romance, mas meu tempooooo aaaahhh meu tempo esta curto, acho que vc tem um milhão de comentários meus sobre isso.. Minha leituras estão na área acadêmica e exclui todo o resto por enquanto, quando me aposentar quem sabe vou aos romance! rsrsrs!

    ResponderExcluir
  14. Aah não , tenho que comprar , tem uma lista enorme mas esse ja doi pra um dos primeiros lugares , ameiiii ! E a sua resenha está perfeita rs beijos da Mlle Beatriz ♡

    ResponderExcluir
  15. Adorei a resenha .. estou amando conhecer novos livros .. bjs

    Roberta Aquino
    Diário de uma Princesa agora é Tal mãe, tal filha ...
    Tal Mãe, Tal Filha Blog

    ResponderExcluir
  16. Pena que não gostou, mas gostei da sua iniciativa de não desmotivar outros.
    Não sou muito de ler livros com essa temática, mas achei ótima sua resenha.
    Gostei, parabéns!
    Blog ArroJada

    ResponderExcluir
  17. Adorei sua resenha kkkkkkkkkkk
    Ficou MUITO feliz quando vejo alguém, que assim como eu, se irrita com amores adolescentes em livros, do tipo crianças, que um vive pelo outro, não tem mais identidade própria, é só beijinhos e passeios, fala sério né, na vida real não né assim. Mesmo que seja um namoro entre duas pessoas de 15 anos é menos chato que livros assim.

    ResponderExcluir
  18. Não conhecia o livro, mas também não despertou muito o meu interesse.
    Ah, eu acho importante saber as opiniões dos blogueiros nas resenhas, mas também acho que escrever resenha de livros que não gostamos é complicado mesmo
    Beijoo
    Conversas de Alcova

    ResponderExcluir
  19. Oiiii, não conhecia o livro ainda!
    Mas tenho priorizado os livros nacionais!
    Tem muita coisa boa para ler :)

    Beijos!
    http://traduzindo-sonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. eu não conhecia o livro lendo sua resenha fiquei com vontade de ler...
    um livro que me irritou profundamente (me desculpe os leitores que gostaram) foi O morro dos ventos uivantes - não consegui terminar a leitura...

    ResponderExcluir
  21. Eu tenho o livro aqui e ainda não li porque sempre vejo muitas pessoas criticando e acabo me desanimando haha
    O enredo parece ser bobinho mesmo, não me deixou muito curiosa. Vou deixar o livro para mais tarde, ou quando eu não tiver nada melhor para ler ou para passar o tempo mesmo :P
    Ótima resenha!
    beijos

    ResponderExcluir
  22. Que pena este romance não ser assim lá grande coisa. Estava tão ansiosa pra ler. Mas acho que assim mesmo vou experimentar e me aventurar neste romance. Beijos.

    ResponderExcluir
  23. Oi Gabrielle, nunca li o livro, e pela sua resenha, acho que me irritaria como você se irritou ao decorrer da estória, achei ela bem bléh, e ele não tem nome? pelo amor de Deus.
    Mas apesar disso tudo, espero lê-lo um dia pra ver o que acharei sobre..

    ResponderExcluir
  24. Oie,

    Já tinha visto o livro em outros blogs, mas nunca me interessei em ler ele, mas depois da sua resenha, achei ele bem fofinho e com a música no final só me deixou com mais vontade ainda, e as imagens elas são lindas.

    Mayla
    http://meulivromeutudo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Acho bem legal colocar sua opinião sincera do livro, uma resenha bem detalhada, mas acho que até daria uma chance para esse livro por ser uma leitura leve....

    ResponderExcluir
  26. Como eu amo Romances! Mesmo sendo cansativos de ler, como você disse... Estou muito curiosa para ler esse livro agora. Nunca tinha ouvido falar dele e parece ser um pouco diferente dos romances que eu venho lendo ultimamente... Bom, gostei muito da sua resenha! E não tenha medo de colocar a sua opinião ^^
    Mil beijos. http://irr4diando.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Gostei muito de ter sido bastante sincera!Olha, eu fico feliz que os jovens brasileiros estão mais interessados a escrever , espero que daqui pra frente ele evolua. :D Agora vou dizer uma coisa, tem tanta "juliana" por aí kkkkkkkkk mas também não me interesso por personagens assim :p quando minha irmã falou da Ana(acho que é esse o nome) q é personagem principal de 50 tons de cinza, já desanimei. Estou encantada por Cidades de Papel pq a Margo é incrível rs.

    Obrigada novamente pela sinceridade, gosto de resenhas assim.

    bjs

    yviedfiori.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. Irei ler, ou tentar, não faz muito meu estilo de livro, mas quem sabe :)

    ResponderExcluir
  29. Eu já li esse livro e achei "mais ou menos", achei que é algo mto forçado, mas vou relê-lo pra ter certeza de minha opinião. ahahahah.. Amei a resenha. Beijooos <3

    ResponderExcluir
  30. Eu confesso que nunca tinha lido nenhuma resenha sobre esse livro, e a sua está ótimo, agora to interessado em ler, o que eu faço? hehe
    Parabéns!!

    ResponderExcluir
  31. Eu já me deparei com vários livros que me irritaram muito, um deles, e o mais recente foi Tipo Destino da Susane Colassanti, sério é tão ruim que eu não consegui me esquecer da história até hoje, sempre que me falam de livros ruins é ele que lembro. É uma pena que O Preço de uma Lição tenha sido tão decepcionante, achei a capa bem bonitinha, mas é como dizem não devemos julgar um livro pela capa né?

    Julielton Souza - Dialética Proposital

    ResponderExcluir
  32. Já ouvi falar desse livros algumas vezes, mas nunca me interessei em procurar a história dele, e sinceramente eu amei o conteúdo, e agora eu acrescentei ele na minha lista

    ResponderExcluir
  33. Sinceramente não sou muito fã desses livros mais ''melosos'' digamos assim, tanto que quando falava com meus amigos que odiava A culpa e das estrelas eles quase me matavam, apesar disso gostei da resenha, durante sua resenha você foi imparcial sobre a historia e seus personagens, então me deu até umaaa pequena vontade de ler esse livro.

    ResponderExcluir
  34. oi, gabrielle. eu acho que eu leria sim, "o preço de uma liçao". porque ele mostra a realidade de muitas "crianças", talvez imaturas, que se identificam uma com a outra. e o livro fala exatamente sobre o começo, meio e fim de um relacionamento monotomo que acaba ficando enjoativo.tanto de se ter quanto de se ler.

    ResponderExcluir
  35. kkkkkkkkkkkkkkkkk..menina, ri muito com suas suas conclusões finais... Eu nunca senti vontade de ler esse livro, toda vez quevia a premissa ou a capa, achava que aprecia mais um livro infanto-juvenil..E parece que tinha razão...Confeso, que não compraria esse lviro pra ler, mas se ganhar de presente, lerei sim...e só então aberei se minha intuição estava certa..
    bjs e parbaéns pela resenha...

    ResponderExcluir

 

Abcd dos Livros Template by Ipietoon Cute Blog Design and Bukit Gambang