Autor:Ricardo Ragazzo
Ano de Publicação: 2013
Editora: Novo Século

Após seis anos de seu "acidente", Lisa acorda de um dia para o outro no hospital, sem cicatriz alguma em seu corpo. Ninguém tem nenhuma explicação para o que aconteceu com ela, já que 80% de seu corpo sofrera queimaduras de terceiro grau, e um belo dia, Lisa está "curada", sem nenhum sinal de que um dia sofrera tanto.
Seis anos! Lisa passou todo esse tempo em casa, trancada, não queria nem ver a luz do sol. Passava o dia vendo tv, ouvindo música e pintando em seus quadros. Mas fora isso, não teve contato com pessoas além de seus pais e médicos.
E agora, ela estava "curada"! Pele nova, vida nova, uma Lisa nova.


Lisa, agora Liz, decide retornar a escola. Seu maior medo é de ser reconhecida como a garota que tinha marcas em seu corpo, medo de se sentir feia e excluída, mas não tinha com o que se preocupar, afinal ela estava mais linda do que nunca.
Em seu primeiro dia de aula, conheceu Maria Tonelada e Leopoldo, mais conhecido como Leão. Enquanto Leão fazia piadas escrotas com Maria Tonelada, Liz de alguma forma reconhecia aquela garota, só não se lembrava de onde.
No mesmo dia, Liz foi convidada para ir com a turma no Circus, uma famosa lanchonete em Valparaíso, onde morava.
O clima entre Liz e Leão estava esquentando, então decidiram ir para um beco ali próximo, para terem privacidade. Beijo vai e beijo vem, quando de repente ouviram barulhos nas latas de lixo, era um simples mendigo, o que fez Leão se irritar profundamente, cometendo um ato de violência com o rapaz.
Foi exatamente ali, naquele beco, que a vida de Lisa virou de cabeça para baixo, novamente.
Começou a sentir dores no corpo, como se estivesse sendo queimada. Olhou para seu reflexo e o pior de seus pesadelos tinha retornado, ela estava repleta de cicatrizes horrorosas pelo corpo inteiro.
Johnny Falco entrou naquele beco e na vida de Lisa como num passe de mágica. Depois de ter conseguido separar a briga entre os dois rapazes, Leão foi para um lado e Alex, o garoto mendigo para outro. Apesar de vários chutes e socos, Alex não tinha nenhuma marca de briga e parecia bem disposto, algo que Johnny achou muito estranho.
Um grito de socorro veio de estacionamento, era Leão. Algo estava acontecendo com ele e o que Johnny viu, foi exatamente o que acontecera 4 anos atrás.
Assim como sua mulher, Leão estava "secando". Seu sangue todo estava espirrando para fora de seu corpo, pela boca, nariz e ouvido, mas não somente isso, Leão também estava se decompondo, sobrando apenas pele e osso e nenhum sangue.
Quatro anos atrás Johnny perdera sua mulher de um modo muito bruto e sua filha tinha sumido, e desde então nunca mais fora o mesmo. Nunca desistiu de sua filha, ainda estava a sua procura e algo lhe dizia que aquele garoto do beco, de alguma forma, tinha a resposta para sua perguntas. Ele apenas queria sua filha de volta e estaria disposto a tudo para recuperá-la.
Lisa que tinha fugido naquela noite, não sabia o que tinha acontecido com Leão e a pessoa a lhe contar foi Maria Tonelada. Maria Tonelada era sua única e melhor amiga Débora, ou mais conhecida como Debby. As duas estavam tão diferentes, que não se reconheciam mais.
Depois do reencontro, Lisa, que no outro dia está sem nenhuma cicatriz, decide procurar respostas pelo acontecido. Afinal, que diabos tinha acontecido?
Voltaram para o beco, onde encontraram Alex, e aquele rosto Lisa já o tinha visto antes e não foi da noite passada. Alex conta que não se lembra de quem é realmente, esse nome foi lhe dado pela moça da lanchonete. Não se lembrava de onde veio, quem era seus pais e nem seu próprio nome. 
Enquanto Johnny falco entrava em contato com Maria Tonelada, informação retirada da mulher que trabalha no Circus, algo muito ruim e inesperado ocorria na casa de Lisa.
Johnny chegara bem a tempo de salvar Lisa e Alex, ou seja lá quem esse garoto fosse. Três pessoas, antes nunca vistas, estavam querendo Lisa e Alex. 
Quem eram essa pessoas, ou melhor, será que eram humanos?
Agora estavam juntos nessa, e seu maior propósito agora, era de algum modo, fazer Alex se lembrar de seu passado, descobrir quem eram aquelas pessoas e recuperar a filha de Johnny. 
E nesse caminho, Johnny Falco e Lisa, descobririam que suas vidas, ou morte?, estavam conectadas mais do que nunca.

Como diz minha mãe, temos a primeira vez para tudo! O livro é bem diferente do que eu li até agora, tem alguns clichês, como o jovem casal apaixonado, o bem e o mal, mas nada com que deixe o livro chato e pesado. O livro tem muita ação e "cenas" bem fortes, para quem gosta desse gênero, digamos "terror", por haver mortes, sangue e coisas sobrenaturais, o livro é uma ótima pedida.
No desenrolar da leitura, fui tentando adivinhar o final do livro e não sei por que, achei que envolvesse anjos, algo que não sou muito chegada, mas o que eu descobri me deixou de boca aberta. Me surpreendeu demais, nunca passaria algo assim na minha cabeça.
O livro é muito bem elaborado, o autor soube encaixar a vida de Johnny e de Lisa perfeitamente, sem deixar nada de fora
Confesso que chorei, teve coisas que eu não queria que acontecessem, mas infelizmente aconteceu. Gente, qual livro eu não choro? HAHA
Eu não conseguia desgrudar dele, cada página você quer mais, quer saber o que está acontecendo com Lisa, quem é Alex, como Johnny vai recuperar a filha dele, por que a vida deles estão conectadas, o que aconteceu com a esposa de Johnny, e mais perguntas surgiram na minha cabeça, o que fez eu devorar o livro.
O final, eu já disse isso?, é surpreendente! Eu fiquei tipo =O
E é tão boa essa sensação, não é mesmo?
E se vocês soubessem o quanto minha língua está coçando para contar o que eu sei desse livro, vocês iriam me matar!
Esse Book Tour valeu super a pena esperar, eu amei o livro e o autor está mais que de parabéns.
Ta a fim de descobrir o por que desta história ser magnífica e diferente? Então te convido para esta leitura que vai te fazer abrir os olhos para outra realidade!

Uma música para acompanhar a leitura...


                                      Resenha feita por Gabrielle Garcia

3 Comentários

  1. olá!
    Eu já um outro livro do autor 72 horas para morrer e tive a mesma sensação que você, é tudo bem forte no quesito terror e bem diferente mesmo...
    Este ainda não li, mas espero ler em breve
    Beijos!
    http://tamigarotaindecisa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha, e as imagens deram o ar de terror e suspense, nota 1000 para sua escrita!!!

    ResponderExcluir
  3. Credo mulher, que livro é esse?Que história é essa?Estava lendo a resenha aqui e arregalando os olhos,kkkkk.

    Bem macabro e diferente do que tenho costume de ler, mas fiquei curiosa e sua resenha ficou ótima, me deixou bem curiosa, pode me mandar o livro viu?

    bjs

    ResponderExcluir