Autor: Tico Santa Cruz
Ano de Publicação: 2014
Editora: Belas-Letras

Aaaah o amor! Era isso que os movimentava. Pelo menos era isso o que ele achava. E não somente o amor, mas também o poder e a excitação, o prazer. Ele era um bancário que levava uma vida super monótona e um dia largou tudo, pelo simples fato de estar apaixonado. Lore era a mulher de sua vida! Uma ex enfermeira que largara seu emprego para cair no mundo e satisfazer seus maiores prazeres. MATAR!

Então lá estavam eles em seu primeiro assalto juntos, e quanto mais a vítima parecia assustada, mais Lore sentia prazer para concluir sua tarefa, e ele, é claro, se sentia mais apaixonado.
E assim seguiram viagem. Eles não tinha um destino a chegar exatamente, então foram seguindo estrada, parando para assaltos e uma pitadinha de morte em inúteis seres humanos. 


Pararam em um hotel numa cidade, podemos dizer que era no interior. Um ambiente simples, calmo e monótono. Juntos tiveram uma ótima noite e nada mais naquele momento poderia estar melhor. Ao acordarem no outro dia os dois perceberam que seu bem mais precioso tinha acabado (maconha), foi onde conheceram Milene. Uma garota linda, mas clássica de interior. Muito simples, cheia de graça e nenhuma maldade. Mas que conseguiu o que eles queriam. Afinal ela não era boba e sabia onde encontrar da melhor qualidade. 
Decidiram fumar juntos num canto mais afastado do hotel. Foram parar na cachoeira. E fumaram como se não houvesse amanhã, curtiram a brisa. Salvaram um coelho de ser morto por uma tribo de religiosos e Milena descobriu a verdade sobre esse casal. E naquele momento algo ascendeu nela, fazendo com que quisesse seguir viagem com eles. Mas antes que conseguisse a permissão do casal, Milene fez algo extremamente chocante até para os dois. Como ela pode fazer isso? E no fim era só para conseguir a permissão deles. E novamente estavam na estrada, sem um destino para chegar. Assaltos, mortes e muito sexo rolaram até chegaram em um novo hotel.
E nesse hotel as lembranças mais antigas dele voltaram. Lá ele encontrara seu melhor amigo de infância. Jogaram conversa fora, lembraram do passado, aproveitaram como se não existisse amanhã. 
Então um segredo o atinge como uma bomba! Será que era verdade o que Milene estava dizendo sobre seu melhor amigo de infância? Como poderia? A cabeça dele estava explodindo de tanta informação jogada por Lore e Milene. Não queria acreditar. Tudo deu errado. Ele que queria se sentir imortal ao lado de sua amante, nesse exato momento estava morrendo por dentro. Ficara louco! Pegou uma arma e saiu matando todos presentes no hotel, até o padeiro em sua bicicleta não escapou. Foi quando sua raiva passou e ele percebeu a merda que causou. Horas se passaram, o dia finalmente nasceu e a polícia apareceu.
O que será que aconteceria a esse grande trio? Agora tão perto da morte, será que tudo valera a pena? O amor deles foi um erro? Matara e roubara pelo simples fato de estar apaixonado. Mas estava mesmo apaixonado? Ou foi pelo prazer? 
O que aconteceu com ele não vou contar a vocês, mas eu estou me perguntando, seria melhor a morte do que viver daquela forma? Estaria ele pagando pelo seus pecados?

FODA! FODA! FODA! É exatamente essa a reação quando você termina de ler a última página desse maravilhoso livro. Cara!
Quando eu peguei para lê-lo eu sabia que poderia encontrar algo forte, mas nada se compara ao nível que esse livro chegou. Ele é muito forte, tudo muito detalhado, as mortes, o sexo, a viagem, as conversas. Você consegue entrar no livro, eu mesma me sentia parte do trio. 
Nunca tinha lido nada do Tico Sta Cruz e vou lhe falar, ele escreve muito! 
A resenha teve de ser curta pelo simples fato do livro ser pequeno, se eu falasse mais alguma coisa ia ter spoiler e algo que detesto é spoiler. Acho desnecessário.
O livro me surpreendeu muito, quando eu acho que não podia ficar melhor, ele ficava. O final foi chocante. O bancário (o nome dele não foi citado, mas eu já dei nome pra ele, James, não sei, mas a personalidade dele e a aparência fez com que ele se chamasse James, não me perguntem o por que) teve uma grande reviravolta. Não sei se ele pagou pelos pecados cometidos ou por que estava destinado a isso, mas eu no fundo senti muita pena dele. Ele fez uma grande cagada ao matar todo mundo hospedado no hotel, mas não pude deixar de sentir pena dele pelo o que aconteceu. 
Ele não era ruim, foi o amor que o cegou. Lore era má. E por estar loucamente apaixonado, fez coisas que jamais pensara que ia fazer. Matar pessoas pelo simples fato de sentir prazer? Que loucura cara!
Sem querer querendo, o livro entrou na minha lista de favoritos. Eu sentia que o livro ia ser bom, mas não sabia que ia ser bom ao extremo e de fato ganhar meu coração. Ainda estou me curando da ressaca que esse livro me causou, já estou lendo outro, mas ainda assim não é a mesma coisa.

Uma música para acompanhar a leitura...


                            Resenha feita por Gabrielle Garcia

Um Comentário