sábado, 19 de setembro de 2015

Série Os Bridgerton


A autora 
Júlia Quinn é o pseudônimo de Julie Pottinger,casada e mora atualmente no Noroeste do Pacífico dos E.U.A  com o marido,a autora já emplacou dezoito(18) vezes seus livros como mais bem vendidos de acordo com o New York Times.
Julie Pottinger foi levantada principalmente na Nova Inglaterra, embora ela passou a maior parte de seu tempo na Califórnia depois que seus pais se divorciaram. Mesmo como uma criança pequena, ela devorou ​​livros. Seu pai discordou com suas escolhas de material de leitura, Sweet Dreams e as Gémeas livros, e disse que ela poderia continuar lendo-os apenas se podia provar que eles eram bons para ela. Ela prontamente lhe disse que ela estava estudando-os, a fim de escrever um ela mesma. Depois de terminar seu romance três anos mais tarde, ela apresentou-o Sweet Dreams, mas foi rejeitada. 
Pottinger se formou na Harvard com uma licenciatura em História da Arte. Durante seu último ano de faculdade, ela percebeu que ela não sabia o que ela queria fazer com seu diploma e decidiu frequentar a escola médica. Essa decisão exigia que ela assistir dois anos adicionais de faculdade para completar os pré-requisitos necessários para aplicar a ciência para a escola médica.
ONDE POSSO ENCONTRAR OS LIVROS DA JÚLIA?
Vou passar os sites confiáveis que conheço onde vocês podem adquirir os livros:
OBS:Lembrando que os livros da editora são somente os da série (Bridgerton) e os livros da saraiva tem alguns que estão somente em inglês.
Fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Julia_Quinn
A série 
A série é composta por oito(8) volumes onde que a história romântica de cada um dos irmãos .No Brasil foram lançados seis livros e eu neste quadro vou contar sobre cada um deles.
Este serão apenas resumos disponibilizado pela editora,mais tarde postarei
O Duque e Eu

“Julia Quinn é nossa Jane Austen contemporânea.” – Jill Barnett
“Inteligente e divertido.” – revista Time
Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas.
Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível.
É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo. Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga.
A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta.
Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.
Primeiro dos oito livros da série Os Bridgertons, O duque e eu é uma bela história sobre o poder do amor, contada com o senso de humor afiado e a sensibilidade que são marcas registradas de Julia Quinn, autora com 8 milhões de exemplares vendidos.
****
Quando Simon virou o corredor num canto, ouviu vozes e ficou paralisado. Havia interrompido um encontro de amantes. Que droga. Precisava sair dali sem ser notado.
No entanto, quando começou a recuar em silêncio, ouviu algo que chamou sua atenção.
– Não.
Não? Será que alguma jovem tinha sido levada até o corredor deserto contra sua vontade? Ele não desejava ser o herói de ninguém, mas não poderia ignorar um insulto dessa magnitude.
Antes que pudesse emitir qualquer som, porém, a jovem acertou um soco surpreendentemente forte bem no queixo do rapaz que a assediava.
Ele desabou no chão, agitando os braços no ar de forma cômica. Simon ficou parado no lugar, assistindo incrédulo à garota cair de joelhos.
– Ah, puxa – disse ela. – Nigel, você está bem? Eu não tive a intenção de bater tão forte.
Simon riu. Não conseguiu evitar. A garota olhou para cima, assustada.
Ele ficou sem ar. Até então ela estivera oculta nas sombras, e tudo o que ele havia conseguido discernir de sua aparência tinham sido os cabelos fartos e escuros. Mas agora, quando ela levantou a cabeça para encará-lo, Simon constatou que tinha olhos grandes, também escuros, e a boca mais larga e exuberante que ele já vira. Seu rosto em formato de coração não era bonito segundo os padrões da sociedade, mas alguma coisa nele o deixou sem fôlego.
Fonte:Site da Editora
O visconde que me amava

A temporada começou este ano de 1814 sem que existam razões para confiar em que vamos ver alguma mudança destacável como a de 1813. Como sempre, os atos de sociedade continuam cheios de mamães ambiciosas cujo único objetivo é ver suas preciosas filhas casadas com solteiros convenientes. As deliberações entre as mamães indicam o visconde do Bridgerton como seu partido mais cotizado para este ano e, de fato, se o pobre homem parece despenteado e seu cabelo alvoroçado pelo vento se deve a que não pode ir a nenhum lugar sem que alguma jovem senhorita sacuda suas pestanas com tal vigor e celeridade que provoca uma brisa de força impetuosa. Talvez a única jovem dama que não mostrou interesse pelo Bridgerton seja a senhorita Katharine Sheffield; sua atitude para com o visconde às vezes roça a hostilidade.
Um perfeito cavalheiro 


.Como uma nova Cinderela, Sophie consegue escapar de sua malvada madrasta para ir ao baile de máscaras. Conhece benedict e ambos se apaixonam. Mas à meia-noite foge sem deixar rastros para Benedict, que passa a procurá-la. Algum tempo depois voltam a se encontrar e ele se apaixona novamente por ela sem reconhecê-la pois agora não passa de uma simples empregada. E muitas peripécias acontecem antes que possam unir-se e desvelarem seus segredos.
Os Segredos de Collin Brigerton 

Durante toda a vida, Penelope Featherington foi uma presença quase invisível a que todos conhecem, mas ninguém põe atenção. Foi a todos os bailes da aristocracia de Londres, cada vez mais acostumada ao papel de moça calada, a quem ninguém tira para dançar a não ser pela insistência de alguma piedosa dama. Em seus vinte e oito anos, resignara-se a ser uma solteirona destinada a passar os dias cuidando de sua mãe. Mas de repente, um bom dia, começa a descobrir a força que pulsa em seu interior. Uma força que surpreende a todos, especialmente a Colin Bridgerton, o solteiro mais cobiçado da cidade, que durante toda sua vida considerou Penelope como uma irmã pequena. Mas como sempre acontece, quando se desata uma força longo tempo adormecida as consequências podem ser imprevisíveis.
Para Sir.Philip Com Amor



É possível apaixonar-se por alguém a quem não se viu nunca? Eloise e Phillip estão a ponto de descobri-lo. Ela, a pequena da família Bridgerton, vai a casa dele quando, depois de um ano de amizade por carta, recebe sua surpreendente oferta de matrimônio. Eloise está disposta a acabar com seu celibato, mas seu sonhado pretendente não encaixa com a imagem do homem que a espera: não só é rude e introvertido, muito diferente dos cavalheiros londrinos com quem está acostumada, mas sim - algo que esqueceu de mencionar em suas cartas- tem duas crianças de oito anos que, desde a morte de sua mãe, converteram-se em autênticos diabos. Mas Eloise é uma Bridgerton, e não se rende facilmente: não se criou com sete irmãos para deixar-se vencer agora por dois pequenos malcriados. Phillip, por sua parte, somente queria uma esposa e uma mãe para seus filhos, mas a aparição de Eloise lhe promete muito mais: um futuro cheio de paixão e emoções... e o final da vida tranquila e sossegada que, até recentemente, confundia com a felicidade.
_________________________________________________________________________________
Atualmente se tem somente esses volumes.
Vou postar a partir de agora minhas resenhas com opiniões e tudo mais.

1 comentários:

  1. Sou louca para ler esses livros, as capas são tão maravilhosas. Não conheço quem escreve e mal conheço a história (a não ser o resumo que vi agora), mas essas capas simplesmente me encantam! Vou esperar as resenhas!
    Beijos!
    http://conversasassim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

 

Abcd dos Livros Template by Ipietoon Cute Blog Design and Bukit Gambang