Autor: F. Scott Fetzgerald
Ano de Publicação: 2013
Editora: Geração Editorial

Nick acabara de se mudar para o lado Leste de onde vivia, no verão de 1922. Estava começando em seu novo emprego como corretor, quer dizer, estava tentando. Não ganhava muito, não era rico, era um rapaz de vida simples. 
Logo com a mudança, recebera um convite para visitar sua prima Daisy, onde morava com seu marido Tom e sua filha, do outro lado da baia da praia.
Tom fora um colega de faculdade junto com Nick e acabou se casando com Daisy. Ele era rico desde o berço, nunca precisou fazer esforço nenhum.
E agora Nick estava lá, os visitando. Daisy sem dúvidas era uma mulher encantadora, estava sempre buscando a diversão.


Conversa vai, conversa vem, uma amiga de Daisy, uma grande jogadora de golfe falara sobre Gatsby, um homem que tinha mil faces, mil histórias, mas ninguém sabia qual era a verdade sobre ele.
Nick por coincidência era vizinho de Gatsby. Todos os finais de semana Gatsby dava enormes festas em sua própria casa, com muita música, comidas e bebidas, fogos, tudo o que se podia encontrar em uma festa de pura luxúria. Mas a pergunta que Nick se fazia era: por qual motivo ele realiza estas festas? Teria algum propósito?
Até que um dia, um dos empregados de Gatsby batera em sua porta para entregar um convite. Nick foi a única pessoa a ser convidada para sua casa. Todas as outras pessoas apareciam por conta própria. 
Nesta noite, onde a festa estava começando, Nick esbarrou na amiga de Daisy, onde ela apresentou Gatsby a ele. De fato, ele era um homem muito misterioso, simpático, rico e jovem! Isso foi o que deixou Nick mais espantado, pois ele imaginara o vizinho como um senhor de idade. Gatsby estava no auge de seus 30 anos. Naquela noite não se falaram muito.
Os dias foram passando e Gatsby foi se aproximando de Nick. Começaram a almoçar juntos, passavam o dia conversando, Gatsby contou a verdade a ele, pois não queria que Nick pensasse o pior dele. Mas Nick não acreditou nas palavras de Gatsby. Por que ele tinha tanto medo de dizer realmente a verdade? O que seu passado escondia?
Nick também sentia que Gatsby queria algo dele. Até que a melhor amiga de Daisy abriu o jogo. 
Gatsby conhecera Daisy a cinco anos atrás, quando embarcou na guerra. Prometeu voltar, mas voltou depois de cinco anos. Daisy esperou e esperou. Até que conheceu Tom. Não podia mais aguardar o retorno dele, então se casou. Fora o pior erro de sua vida, já que Tom a traía e todos sabiam.
O que Gatsby queria de Nick era: convidar Daisy para o chá e magicamente ele apareceria por lá. E Nick assim o fez.
Um chá, uma visita e a vida deles viraram de cabeça para baixo. 
Será que Gatsby conquistaria Daisy novamente? Sabendo que ela não amava Tom, será que tudo o que ele fez por ela, não teria dado mais uma chance ao seu verdadeiro amor?
Comprei esse livro na Bienal do Livro em 2014, mas só em novembro do ano passado que realizei a leitura deste livro. Foi um achado no estande da Geração Editorial, comprei por R$15,00 praticamente de graça e quase pirei ao ver que a edição era de capa dura.
Já tinha assistido ao filme, que virou minha paixão, então fui ler. Pra que? Nem conseguia enxergar a página de tanto chorar.
O livro é lindo, assim como o filme, cheio de detalhes. As folhas são amareladas, as letras tem um bom tamanho e contém as imagens do filme atual e o antigo.
Confesso que tive que assistir mais de uma vez para poder entender. Só na terceira vez que estava assistindo que tudo fez sentido. Uma coisa eu digo: esperem um final totalmente diferente do que estão imaginando. Como Nick disse a Gatsby: -Não se pode repetir o passado.
Nunca me interessei por Daisy, não conseguia ver essa mulher que eles falavam, uma mulher decidida, cheia de amor, que gosta de ver todos sorrindo, sempre a procura de diversão. Para mim, ela não passa de uma egoísta, interesseira e muito indecisa. Não sei, podem me julgar, nunca fui com a cara dela. Por que ela fez isso? (sem spoiler haha)
Já Gatsby, eu tinha muita dó dele. Sem dúvidas é o homem mais solitário que eu conheci. Vivia rodeado de gente, muitas vezes famosos, mas mesmo assim estava sozinho. A única pessoa que se importava com ele era Nick. Nem precisa dizer que eu me apaixonei por ele. Ele era muito mais verdadeiro. No meio de tanta luxúria e poder, Nick nunca deixou de ser quem era, nunca forçou nada e nem ninguém, não colocou nenhuma máscara em seu rosto. Ao contrário dos outros.
Esse livro nos mostra como é de fato a sociedade. Ninguém se importa com ninguém de verdade, as pessoas só querem aquilo que você tem e se não tem nada a oferecer pra que ficar junto? A ignorância dos personagens, vejo isso todos os dias nas pessoas reais.
Tanto o livro quando o filme são lindos e merece que você dê uma chance, aposto que irá se apaixonar.

Trailer...
Adivinha quem é o nosso Sr. Gatsby? 



Para ouvir com a leitura...



6 Comentários

  1. Também comprei o livro O Grande Gatsby em 2014 em uma rodoviária e li enquanto fazia a viagene como eu sou grande fã de clássicos, o livro logo se tornou meu favorito, e é bem pequeno e a leitura se tornou facil e agradavel, mas terminei o livro sentindo muita raiva da Daisy e odiando Tom Buchanam.

    ResponderExcluir
  2. Oiiieee,
    Eu não tenho o livro e nem vi o filme ainda acredita, mas gostei tanto da resenha que já vou correr para assistir, parece ser um ótimo livro e filme é claro, espero gostar do filme e assim que tiver a oportunidade ler o livro.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  3. ESSE LIVRO.....!!!!! Quero ter todas as edições dele, de tão bom. Quinze reais??? Meu Deus. Infelizmente não tenho essa sorte de achar livros maravilhosos com preço tão bom assim e quando tenho, não é um momento em que vou comprar :(

    ResponderExcluir
  4. Faz eras que eu quero ler esse livro antes mesmo de sair o roteiro do filme, mas até hoje eu não assisti (lol). Gostei da resenha, parabéns.

    ResponderExcluir
  5. Nossa! Peguei o filme hoje, quase comprei, se tivesse lido a resenha com certeza teria comprado!

    ResponderExcluir
  6. esse livro parece ser fascinante assim como o filme
    Leonardo soube interpretar muitoooooo bem o personagem ;)
    assim que der,vou assistir e avaliar...amei a resenha
    e ler esse livro imediatamente...parece ser fantástico rs
    até mais
    bjs

    ResponderExcluir