quinta-feira, 16 de junho de 2016

Resenha: Viagens de uma psicóloga em crise.

Título: VIAGENS DE UMA PSICÓLOGA EM CRISE.
Autor: Graziela Bergamini
Páginas:128
Ano: 2013
Editora: Saberes
Gênero: Biografia / Psicologia


Sinopse: O livro se passa em parte na Índia, em parte nos bastidores no mundo mental de uma mulher de 36 anos, que relembra uma viagem que fez sozinha quando era estudante de psicologia. Em meio às aventuras que passou na Índia visitando Auroville, uma "comunidade alternativa", o ashram do Sai Baba, e a cidade sagrada de Varanasi; ela também expõe seus pensamentos conflituosos do passado a respeito da escolha da profissão, da sua relação com Deus e com o mundo dos relacionamentos amorosos.


Olá leitores, como vocês estão? Como andam as leituras? Nesse friozinho é bom demais ficar debaixo das cobertas na companhia de um bom livro, não é mesmo?
Eu acabo de terminar um livro maravilhoso! curtinho, porém de um aprendizado imenso. Eu falo de VIAGENS DE UMA PSICÓLOGA EM CRISE. Nele Graziela narra a própria experiência expondo pensamentos conflituosos que teve em busca de seu ponto de equilíbrio. Em uma viagem que fez à Índia teve boas e más experiências que a levaram a muitas reflexões, conclusões e aprendizados.
Nada como o contato com uma nova cultura para nos fazer repensar, rever conceitos, quebrar paradigmas e pegar novo impulso pra encarar a subida rsrsrs. Ainda mais quando o choque cultural se trata de Ocidente X Oriente.

" Jogue-se no mar dos sentimentos e apenas observe aonde ele vai: só assim poderá fluir com ele e se desprender dele".

Graziela, 21 anos, psicóloga, cheias de incertezas, questões sobre a liberdade, espiritualidade, escolhas equivocadas, amor...enfim, dúvidas que nos acompanham a vida toda. É interessante como a cada um de nós, essas dúvidas chegam de uma maneira e são processadas de maneiras distintas trazendo a cada um aprendizados diferentes, como vivemos apegados ao que vemos e sentimos, aprisionados a pensamentos viciados e a histórias repetitivas porque temos medo, e o medo apriosiona. E quanto menos consciência temos das coisas ao redor, da vida, mais medo teremos. A autora também fala de como a liberdade se apresenta de várias formas, dependendo da sociedade em que se vive e dos paradigmas que cada um carrega. Quando à felicidade, à realização pessoal, quanto menos o indivíduo contribui para a sociedade, mas infeliz ele é. Tudo o que fazemos é baseados em escolhas, e a partir dela, construções, que quando concluídas, geram méritos...ou não? Aí é que está, nem todo resultado de nossas escolhas geram méritos, daí a frustração.
Talvez, parte disso seja o resultado de uma cultura ocidente em que a felicidade seja vista somente como sucesso profissional, e só o sucesso profissional leva á felicidade. Diferente da Índia por exemplo, "onde dão extrema importância para uma simples conversa em qualquer horário do dia, como se cada interação humana fosse especial e até sagrada. Como se cada troca de palavras e olhares, pudesse trazwer crescimento e aprendizagem". Bonito isso não?? Se olharmos pelo lado simples da vida é só isso o que deveria importar mesmo. Não damos o valor e o poder que os pensamentos e sentimentos merecem. Não damos a dimensão e o impacto que isso exerce em nossa vida.
Graziela fala que "as doenças começam nas emoções destrutivas não liberadas, não aceitas, não elaboradas. E que a doença é muitas vezes um sintoma. A doença física pode representar um pensamento estragado, uma crença errada, um conflito inconsciente", ou seja, quanto mais presos a paradigmas, preconceitos, crenças e tabus, mais aprisionados ficamos.

" Nós poderíamos ser muito melhores se nao quiséssemos ser tão bons."

Muitas vezes somos cheios de raciocínios arrogantes e pobres de informações e ricos em conclusões precipitadas. "Toda experiência humana carrega o resultado das escolhas individuais já feitas." Somos o resultado de nossas escolhas? Pensar assim parece nos limitar um pouco, pois dá-se a impressao de que não dá mais pra mudar, e somos passíveis de mudança e transformações o tempo todo.
Gente enfim, esse livro é maravilhoso e tem muito o que passar. Pra mim foi um presente, pois me fez quebrar certos paradigmas e deixar a vida mais leve de ser vivida.
Convido vocês a se darem o prazer dessa leitura ;-)

"Seja um criador de sua própria vida".

Disponível em
www.lelivros.com
Um grande abraço e até a próxima viagem.


                                                                       Michelle Guerra



0 comentários:

Postar um comentário

 

Abcd dos Livros Template by Ipietoon Cute Blog Design and Bukit Gambang